Uma sequência de terremotos e um tsunami nas áreas indonésias de Donggala e Palu em 28 de setembro de 2018 deixaram centenas de mortos e muitos mais feridos. Dani Halim, YB2TJV, como o novo coordenador de Comunicação de Desastres da IARU R3 relata, os Operadores de Rádio Amadores na Indonésia imediatamente ativaram para responder ao desastre que se desdobra na Província Central de Sulawesi.

Após o terremoto de magnitude 7,7 às 17h02, horário local (11h02 UTC), a eletricidade, o celular e todos os meios de comunicação na área foram cortados. As comunicações foram estabelecidas a partir da Agência de Gerenciamento de Desastres de Luwuk, localizada a 700 km do epicentro do terremoto com as estações YD8MII (Controle de Rede) e YC8OBM para obter informações sobre deslizamentos ocorridos na área e que as rotas de comunicação foram bloqueadas. Muitas fotos e vídeos que circulam nas mídias sociais mostram a enormidade do terremoto e sua destruição.

A Sociedade Nacional da Indonésia ORARI imediatamente estabeleceu uma Rede de Emergência em 7.110 MHz e também ativou o satélite Lapan-Orari IO-86 como backup.

Comunicações já foram estabelecidas com YB8NT e YB8PR em Palu que estão usando estações móveis. Devido a QRM em 7.110MHz, uma segunda rede foi configurada em 7.065 MHz.

ORARI pede que eles tenham espaço para usar 7.110 MHz e 7.065 MHz, já que este terremoto pode ser pior do que o de Lombok no final de agosto, por favor, permita a eles um espaço livre de QRM para completar seu trabalho.

Fonte: IARU R1

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Radioamador.