LABRE defende espectro do Serviço de Radioamador na Anatel/CBC

A LABRE, através do seu grupo de Gestão e Defesa Espectral, participou no último dia 21 de julho de 2015 de reunião ordinária das Comissões Brasileiras de Comunicações (CBC), coordenadas pela Anatel e compostas por representantes do governo, indústria e sociedade.

A reunião discutiu os itens de agenda da Conferência Mundial de Rádio (CMR-15), que será realizada em novembro deste ano. O Brasil está bastante ativo nos estudos e reuniões que antecedem a conferência, seja nos fóruns da UIT ou na CITEL, a Comissão Interamericana de Telecomunicações. Todas as decisões tomadas pelo Brasil são antes acordadas nos encontros da CBC na Anatel em Brasília.

A LABRE é correlatora nacional do item 1.4 (possível alocação secundária amadora nos 5 MHz). A próxima reunião da CITEL no mês que vem será a última antes da CMR-15 e contará com participação da LABRE. Para este ítem serão discutidas adequações na redação das propostas e a extensão da faixa.

O Brasil também apresentará na CITEL sugestão para o item 10 (preparação dos futuros itens de agenda) visando realização de estudos para futura alocação de IMT (Internet Móvel) acima dos 6 GHz.

O setor profissional de satélites trouxe um trabalho realizado pela Ofcom (Reino Unido) sobre este item e defendeu a exclusão de suas faixas operacionais. Naquele país a RSGB, a Rádio Sociedade da Grã-Bretanha, também solicitou exclusão das faixas de radioamador. O mesmo foi feito pela LABRE em relação ao Brasil, destacando por exemplo downlink para o futuro satélite geoestacionário do Qatar que terá transponder do Serviço de Radioamador em SHF.

A comissão decidiu neste momento que a Radioastronomia será o único serviço previamente excluído para o compartilhamento. A sugestão brasileira, se aprovada na CMR-15, será objeto de estudo técnico internacional entre os anos de 2016 e 2018 envolvendo vários serviços de telecomunicações, com decisão a ser tomada na CMR-18.

Apoie a LABRE/GDE na defesa e desenvolvimento do radioamadorismo. Para maiores informações visite http://www.radioamadores.org e http://www.labre.org.br

Fonte: LABRE/GDE

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Radioamador.