O estabelecimento de contatos de rádio entre estações muito separadas, depende não somente do propósito das atividades de operadores mas também de caprichos de características de propagação nos espaços de interferência.

Um dos aspectos mais curiosos e excitantes da comunicação radioamadorística é a variação desse meio, porque apesar de muita pesquisa ter sido conduzida no estudo de propagação de ondas de rádio, muito ainda é desconhecido e há um campo amplo que permanece aberto para mais descobertas.

Falando diretamente, o estudo de propagação tem que cobrir tudo o que acontece com uma onda de rádio no momento em que ela deixa a antena de transmissão ao momento em que ela chega à antena de recepção, e isso poderia incluir fenômenos tais como a reflexão de prédios e costas montanhosas, absorção em florestas, mas a matéria é tão ampla que somente os maiores efeitos podem ser discutidos aqui.

Estes estão relacionados principalmente com as características elétricas de atmosfera as quais, em comum com outras condições meteorológicas, estão constantemente variando e porque elas tem tal influência dominante na comunicação via rádio, o amador interessado será amplamente recompensado por seus esforços em entende-los.

Colaboração Donald Murden PY5ZBU
Escola Paranaense de Radioamadorismo
Grupo Araucária de DX

LEIA MAIS:

PROPAGAÇÃO TROPOSFÉRICA DE ONDAS Por Don PY5ZBU

MODOS DE PROPAGAÇÃO Por Don PY5ZBU

CURVATURA DAS ONDAS DE RÁDIO Por Don PY5ZBU

AURORAS Por Don PY5ZBU

ATENUAÇÃO DAS ONDAS DE RÁDIO Por Don PY5ZBU.

OPERANDO NAS BANDAS DE H.F  Por Dirceu PY5IP.

Fluxo Solar , índice A  e índice K  Por Dirceu PY5IP.