Foi publicado na última terça-feira o Relatório Anual da Anatel de 2017. O radioamadorismo foi citado entre os assuntos tratados na Agenda Regulatória de 2016-2017.

Segundo a Anatel, entre 29 consultas públicas realizadas em 2017, a proposta com maior número de contribuições foi a que busca revisar o Regulamento sobre Condições de Uso de Radiofrequências do Serviço de Radioamador.

O setor técnico da agência avaliou as contribuições e o processo aguarda parecer da Procuradoria Federal Especializada para seguir ao Conselho Diretor.

A agenda regulatória descrita no relatório também apresenta outros projetos em desenvolvimento que afetam o radioamadorismo e demais serviços de telecomunicações.

Um exemplo é a atualização do Plano de Atribuição, Destinação e Distribuição das Faixas de Frequências (PDFF), atendendo a mudanças no espectro desenvolvidas nas últimas conferências mundiais da UIT.

O radioamadorismo também foi citado no relatório como o quinto conteúdo mais acessado pelo portal da Anatel, sendo o primeiro diretamente relacionado a um serviço de telecomunicações.

Maiores informações em: http://tinyurl.com/ra2017-anatel

LABRE/GDE, 27 de junho de 2018.
http://www.facebook.com/labregde

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Radioamador.