[GTranslate]

Fazem já varios anos, concretamente desde 1976, existiu um curioso e poderoso sinal de radio com um som parecido a picoteio de um pica-pau,  o repetitivo sinal não tardou a ser interceptado por radioamadores em diferentes pontos do mundo e interferir em diferentes lugares tambem …

O sinal detectado era tão poderoso que chegava a ser escutado em circuitos telefonicos e interferir em comunicações aeronáuticas e comerciais de todo o planeta …

Ante as continuas e inexplicaveis interferencias, não tardaram em aparecer especulações de todo tipo, desde um estranho sistema de controle do clima … até um possivel experimento para controlar as mentes de todo o planeta … Com o passar dos anos, todos os indicios apontavan como origen do sinal a extinta União Soviética  e a pasagem do tempo o confirmaria: Uma gigantesca construção obsoleta na zona de Chernobil, emitia um sinal capaz de saltar todas as normas aceitáveis quanto ao uso de frequencias de onda curta a nivel internacional : passaria a  historia como o Russian Woodpecker (O pica-pau russo) …

Tivemos que esperar até a queda da  União Soviética para descobrir que o popularmente conhecido como o Pica-Pau russo se tratava em realidade do sistema Duga-3, um surpreendente escudo antimisseis de detecção antecipada … O curioso e rudimentar sistema funcionava na base de uma impressionante antena de radar situada sobre o horizonte (OTH) e que esteve ativa até o final dos anos 80, quando os novos sistemas via satélite foram efetivados …


A incipiente passagem  do tempo deixou o sistema Duga-3 e sua gigantesca antena totalmente obsoletos e em desuso … e mesmo que parcialmente desmantelada, hoje em dia ainda podemos encontrar em pé sua estrutura principal, um monstro metálico com mais de 100 metros de altura e situado a uns 30 kilometros da malograda Planta Nuclear de Chernobyl … Assim é a instalação que sustenta a superantena que mais inquietou o mundo …



 

Dirceu  C. Cavalcanti  PY5IP

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Radioamador.