Entrou em órbita na noite de ontem o satélite SES-6, equipamento que irá ampliar e aprimorar os serviços oferecidos pela Oi TV. A Oi é a principal usuária do satélite, que partiu ontem da base de Baikonur, no Cazaquistão. O satélite SES-6 é o de maior capacidade de transmissão de canais DTH (direct-to-home) em operação no Brasil, e dispensa fibra ótica para chegar às residências dos clientes Oi. O satélite dará à Oi um diferencial competitivo no mercado de TV por assinatura. A previsão é de que os benefícios levados pela nova tecnologia cheguem aos clientes Oi TV entre o segundo semestre deste ano e primeiro trimestre do ano que vem.

Com o SES-6, a Oi alcança um novo patamar no mercado de TV por assinatura, consolidando a posição de única operadora de telecomunicações do Brasil a atuar como quadruple play, oferecendo voz, dados, internet e televisão a seus clientes, com uma tecnologia de ponta.

O satélite geoestacionário (que permanecerá em um ponto fixo no Equador em relação à Terra), lançado em parceria com a operadora de satélites SES, foi construído pela EADS Astrium em Toulouse, na França. Com o SES-6, além de aperfeiçoar a qualidade e a cobertura do seu sinal, a Oi TV terá maior capacidade de oferta de canais HD na grade de programação e irá transmitir todos os seus conteúdos no formato digital.

A tecnologia contratada pela Oi é de última geração, e uma das mais avançadas em termos de transmissão via satélite. Com o lançamento, novos serviços na área de pay-per-view e interatividade vão passar a ser oferecidos. Um novo set-top box (decodificador) será lançado pela Oi TV para a recepção do sinal, ampliando a capacidade de interação dos assinantes com o serviço.

“Com o SES-6, alcançamos um novo nível em um dos pontos mais importantes na evolução dos serviços da TV paga, que é a capacidade satelital”, avalia James Meaney, COO da Oi. “Estaremos aptos a atender a demanda dos consumidores por uma maior diversidade de canais, muitos deles em alta definição, o mais rápido possível”.

“Esse importante acordo de uso de capacidade de uma grande parte dos transponders de banda Ku do SES-6 habilita a Oi a lançar uma nova plataforma em DTH para o mercado brasileiro”, afirma Romain Bausch, presidente e CEO da SES. “O acordo é um salto para nós, em um mercado muito importante e de crescimento dinâmico, demonstrando como os satélites são importantes para as companhias de telecomunicação e no desenvolvimento de serviços convergentes. Em adição, substituindo antecipadamente o satélite NSS-806 e adicionando nova capacidade em banda C, o investimento no SES-6 reflete o fortalecimento de nosso foco no mercado latino-americano.”

A Oi TV conta com 837 mil assinantes atualmente, dos quais 60% têm conteúdo em HD – a média do mercado é de 28%. Desde dezembro de 2012, 100% dos novos clientes contratam pacotes HD. Os dados refletem a estratégia da empresa com a universalização da tecnologia de transmissão de TV em alta definição (HD). Entre as ofertas de Oi TV há pacotes HD por menos de R$ 70, proporcionando economia e conveniência para seus clientes. Um exemplo é o Oi TV Mais HD, o pacote de entrada mais completo do mercado, com 70 canais, sendo 17 em HD, a R$ 39,90, nos três primeiros meses, para clientes que já têm ou que contratarem também os serviços Oi Fixo ou Oi Velox.

A Oi TV é um serviço 100% digital e está presente em todo o Brasil, exceto no Estado de São Paulo. São ao todo oito pacotes, que podem ser contratados pelo telefone 4002-2286 ou nas lojas Oi.

Sobre a Oi

A Oi, empresa pioneira na prestação de serviços convergentes no país, oferece transmissão de voz local e de longa distância, telefonia móvel, banda larga e TV por assinatura. A Oi está presente em todo o território nacional. Em março de 2013, a empresa possuía 74,7 milhões de Unidades Geradoras de Receitas (UGRs). Deste total, 46,5 milhões estavam no segmento Móvel Pessoal, 18,5 milhões no segmento Residencial, 9 milhões no segmento Empresarial/Corporativo e 716 mil Telefones de Utilidade Pública (TUP).

Pelo quinto ano consecutivo, a Oi integra o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&F Bovespa, refletindo o alto grau de comprometimento da companhia com a responsabilidade social e a adoção de práticas gerenciais sustentáveis. A companhia integra também, pelo terceiro ano consecutivo, a carteira do Índice de Carbono Eficiente (ICO2) da BM&F Bovespa.

Sobre a SES

A SES é uma operadora de satélites líder mundial com uma frota de 52 satélites geoestacionários. A empresa fornece serviços de comunicação via satélite para emissoras e fornecedoras de serviços de conteúdos e internet, operadoras de redes de telefonia fixas e móveis, assim como para empresas e organizações governamentais no mundo todo.

A empresa conta com relacionamentos comerciais duradouros, serviço de alta qualidade e excelência na indústria de transmissão e difusão. As equipes regionais culturalmente distintas da SES estão localizadas em todo o mundo e trabalham conjuntamente com os clientes para atender às suas exigências específicas de serviço e de largura de banda de satélite.

A SES (NYSE Paris: SESG) (LuxX:SESG) detém participações na Ciel, no Canadá, e na QuetzSat no México, bem como uma participação estratégica na infraestrutura de lançamento de satélite O3b Networks. Mais informações em: www.ses.com

ASSISTA O LANÇAMENTO:

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Radioamador.